Tereos Menu Search

Desenvolvimento local

Como transformadora de matérias-primas agrícolas, a Tereos está firmemente enraizada nos territórios e contribui ativamente para a dinamização da vida econômica local com suas instalações em 16 países e suas 49 plantas industriais.

O Grupo mantém laços fortes com o universo agrícola e seu ambiente local: beterraba, cana-de-açúcar, batata, alfafa e mandioca são comprados diretamente dos produtores, próximo às instalações industriais. O abastecimento de cereais na Europa se faz por meio de cooperativas ou armazéns parceiros, favorecendo o comércio local.

A Tereos é um importante empregador, sobretudo no meio rural, e se empenha na promoção do trabalho qualificado e na formação de seus colaboradores, contribuindo, dessa forma, para o desenvolvimento econômico e social local. O Grupo também se envolve em diferentes programas de apoio às populações locais.

3 PROGRAMAS PRIORITÁRIOS DE DESENVOLVIMENTO LOCAL : SAÚDE, EDUCAÇÃO E AMBIENTE

Moçambique : revitalizar uma zona rural

Em Marromeu, Moçambique, o Grupo Tereos é o principal empregador. O Grupo se envolve em diversos programas de melhoria das condições de vida das populações e de revitalização dessa zona rural remota.

  • Desenvolvimento de infraestrutura rodoviária, acesso à água e recuperação do hospital distrital
  • Participação na construção de uma escola secundária que poderá receber entre 600 e 800 alunos
  • Destinação de terras (60 ha inicialmente) para instalação de lavouras de subsistência para a população local

 

Lillers : atividade de reflorestamento

Próximo à usina de açúcar de Lillers, em Pas-de-Calais, 70 ha pertencentes à Tereos estão sendo reflorestados.

Essas terras, classificadas como reserva natural de interesse ecológico da flora e da fauna, serão reflorestadas segundo um plano de 15 anos, de acordo com a plataforma ARBRE.

Em 2015, os alunos da escola Notre-Dame de L’Assomption de Bavay replantaram 5 ha, ou seja, 6000 árvores de espécies nobres.