Tereos Menu Search

Recursos humanos

Garantir a segurança de todos os seus colaboradores, desenvolver as suas competências, recrutar, difundir uma cultura de grupo e manter o diálogo social são as principais prioridades da política de RH da Tereos.

A SEGURANÇA DAS PESSOAS NO CENTRO DAS PREOCUPAÇÕES

A Tereos compromete-se em garantir um elevado nível de segurança para seus colaboradores. Sua abordagem de progresso baseia-se na utilização de métodos fundados na análise dos riscos, dos acidentes e na implementação de planos de ação concretos. Estes implicam a participação de todos os colaboradores e a mobilização deles nos comitês de segurança de cada estabelecimento.

Cada unidade industrial no mundo dispõe, assim, de pelo menos um moderador de segurança, e campanhas de sensibilização dos colaboradores são implementadas na França e no estrangeiro. É o caso dos programas «Risco Zero» no Brasil e «Safety And Me» na Europa.

 DESENVOLVER AS COMPETÊNCIAS

 O desenvolvimento dos colaboradores constitui outro desafio fundamental do Grupo. É por isso que a Tereos propõe aos seus colaboradores, em todas as fases do seu percurso profissional, que desenvolvam as suas competências. Na França, por exemplo, mais de 4% da massa salarial é consagrada à formação, para permitir aos colaboradores evoluir dentro da Tereos. Em média, com todas as categorias combinadas, os colaboradores do grupo recebem 25 horas de formação por ano.

 PARTILHAR UMA CULTURA COMUM

A organização da Tereos visa favorecer uma cultura comum. A mobilidade interna é igualmente um meio prioritário para acelerar a partilha desta cultura e uma maneira de favorecer o cruzamento de experiências e o enriquecimento de competências.

A dimensão da Tereos, a diversidade dos seus ofícios e de suas atividades, bem como o número de suas implantações abrem largas possibilidades de mobilidade, seja geográfica, funcional ou entre as unidades de negócios.

Além da diferença das matérias-primas processadas, algumas profissões similares, tanto nas funções técnicas como nas funções de apoio, poderão se enriquecer com a chegada de colaboradores vindos de outros países e de outros setores de atividade.

Em todos os casos de mobilidade, um processo de formação adaptado acompanha o sucesso do colaborador em suas novas funções para facilitar a sua integração, a mobilidade funcionando então como um acelerador no desenvolvimento de uma carreira.

UM DIÁLOGO SOCIAL DE QUALIDADE

A Tereos atribui uma importância essencial à qualidade do diálogo social em todas as suas unidades. Em todos os países, os colaboradores são cobertos por uma negociação anual entre os seus representantes e a direção. A Tereos France criou um observatório de profissões e empregos que visa antecipar as mudanças nas profissões e monitorar a implementação do acordo sobre a gestão previsional do emprego e das competências (GPEC).

Além disso, um acordo prevê o recrutamento de colaboradores com mais de 50 anos e a organização das condições de trabalho dos mesmos. De uma maneira geral, a taxa de rotatividade é particularmente baixa e as equipes da Tereos distinguem-se pela sua grande estabilidade.