Market

Química e fermentação de plantas

Image-Innovation-Chimie-1
Parceira importante no desenvolvimento de química e bioplásticos de plantas, a Tereos ajuda a reduzir a dependência das indústrias químicas dos recursos fósseis, a diminuir seu impacto ambiental e a tornar seus processos mais limpos.

Em números

10%

das matérias-primas usadas na indústria química na França são de origem vegetal

240000t

de proteína vegetal produzida pela Tereos

Experiência sólida em química verde

A Tereos possui reconhecida expertise em química verde que possibilita a substituição de carbono fóssil por carbono vegetal para produzir materiais de base biológica.

Graças à sua participação na agricultura, o Grupo dispõe de fácil acesso à biomassa, uma fracção biodegradável de resíduos de origem biológica, cuja utilização permite a produção de um grande número de produtos químicos.

Diversos ingredientes derivados de matérias-primas agrícolas, tais como amido de batata, dextrose e sorbitol líquido, são utilizados na composição de materiais plásticos bio-perfuradospoliuretanos, adesivos, revestimentos, detergentes, etc

A Tereos mantém estudos de P&D com foco no etanol do futuro, por meio de seu envolvimento em vários projetos, incluindo o Futurol, para o desenvolvimento de um processo de produção de bioetanol de segunda geração a partir de materiais de lignocelulose; Biocore, um projeto europeu que busca desenvolver uma refinaria complexa baseada em usinas de biomassa; e Probio3, para a produção de óleos através de um processo de fermentação.

  • Cover-Innovation-Chimie
  • Green chemistry

BioButterfly, um projeto em parceria com a Michelin para produzir pneus biosourced

O projeto tem como objetivo o desenvolvimento de biobutadieno, substituindo o butadieno convencional, produto derivado de petróleo utilizado na composição de pneus. Com esta parceria, o biobutadieno será produzido a partir de matérias-primas vegetais derivadas da produção de açúcar de beterraba. Até 2020, o objetivo é iniciar um piloto industrial, que validará as principais etapas do processo e sua viabilidade, enquanto confirma a oportunidade de implantação em escala industrial.