Um dos principais produtores europeus de amidos nativos há décadas, a Tereos oferece uma vasta gama de produtos de amido de alto valor agregado, que atendem aos padrões atuais e futuros das indústrias alimentícia, farmacêutica, agroquímicos, ração animal, papel e papelão. Extraído de milho, trigo, batata e mandioca, o amido é uma fonte significativa de energia.

Usos do amido

O amido é o carboidrato mais comum nos alimentos. É apreciado pela indústria alimentícia por suas propriedades de dar liga, texturização e estabilização em molhos, sobremesas lácteas, assados ​​e salgadinhos. Além disso, também é um importante componente para o processo de fabricação de papel. Amidos modificados são usados como aglutinante em papel revestido ou como adesivo em papelão ondulado e, ​​em produtos alimentícios, como agente espessante, estabilizante ou emulsificante.

Produtos de amido da Tereos

Os produtos amiláceos abrangem uma ampla gama de produtos: amidos nativos, amidos modificados e edulcorantes (xaropes de glicose, maltodextrinas, dextrose, isoglicose, polióis).

 

Amidos nativos

Selecionados por suas propriedades como aglutinantes, texturizadores, espessantes, estabilizadores e agentes de endurecimento, os amidos nativos são utilizados na produção de papel, por exemplo, para suavizar irregularidades e controlar a absorção. Amidos nativos (particularmente amido de batata) são usados ​​na produção de gesso cartonado e em produtos alimentícios (molhos, sobremesas, biscoitos, etc.), bem como em bioplásticos, como os usados ​​atualmente para sacolas plásticas de supermercados.

Quando o amido é necessário para cumprir funções específicas (tais como solubilidade a frio, viscosidade, estabilidade de descongelamento ou fluidez), os amidos nativos podem ser transformados ou modificados. Eles são usados ​​na indústria alimentícia para ajudar no preparo de refeições prontas para micro-ondas, sopas desidratadas, alimentos enlatados, etc. e em outros setores industriais, tais como o de papéis especiais (para melhorar a resistência do papel e sua aparência superficial) e o de papelão ondulado. Amidos modificados também são empregados em estações de tratamento de efluentes, por seu efeito de flocagem, para manter sob controle a pressão e o fluxo dos hidrocarbonetos em poços de petróleo e, na indústria têxtil, para melhorar a impressão em tecido e evitar a formação de eletricidade estática.

A maltodextrina é um adoçante de amido hidrolisado caracterizado por um valor equivalente de dextrose abaixo de 20. No mercado, a maltodextrina é o nome comum dado a qualquer adoçante seco, seja uma maltodextrina ou um xarope de glicose. Obtida por meio da secagem da maltodextrina líquida ou do xarope de glicose, a maltodextrina é um pó branco, inodoro, que se dissolve rapidamente em uma solução aquosa. A tecnologia mais comum usada para obter o pó é a secagem por atomização, resfriamento e peneiramento. As maltodextrinas são amplamente utilizadas em alimentos processados ​​como espessante ou agente de preenchimento, mas também equilibram o perfil nutricional dos alimentos, carregam aromas, fornecem sabores ou ajustam a doçura. Substituir a lactose por maltodextrinas é uma excelente maneira de melhorar os custos e otimizar a volatilidade dos preços de mercado, reduzindo a pegada de carbono. As aplicações mais comuns incluem fórmulas infantis, molhos e temperos, sabores, sorvetes e em creme para ser adicionado no café.

Tereos em Números

12

amidos na Europa, Brasil, Asia

10%

da receita da Tereos é gerada por negócios com amido e outros derivados

2M

Produtos de amido