Em 20 anos, a Tereos se tornou a terceira maior participante do mercado europeu de amido e uma das principais processadoras de cereais da França. O desenvolvimento de proteínas vegetais é estrategicamente importante para o Grupo, que é um dos maiores produtores mundiais de proteína de trigo.

Em números

3°

maior produtor de amido da Europa

7

instalações de amido de trigo em todo o mundo

2,2

milhões de toneladas de trigo usadas anualmente na Europa

Localizações na Europa

O trigo é a segunda cultura mais plantada no mundo. Depois do arroz, é o cereal mais consumido pelos seres humanos. O trigo é usado para produzir farinha para uma variedade de pães, bolos e muitos outros produtos. É também um cereal amplamente utilizado na alimentação animal.

A Tereos Starch & Sweeteners possui 7 instalações de amido de trigo espalhadas pelo norte e sul da Europa com o seu associado, o Frandino Group. O trigo entregue nas instalações da Tereos Starch & Sweeteners vem da União Europeia, principalmente da França. A Tereos possui também uma fábrica de amido de trigo na China em parceria com a Wilmar desde 2011.

  • wheat field
  • blé

Processo de transformação

Uma vez colhido, o trigo é limpo, moído e peneirado para separar o farelo e o gérmen da farinha. Então, um processo de separação úmida é, aplicado para separar a farinha em amido e proteína. O amido de trigo pode ser ainda modificado ou hidrolisado em xaropes de glicose.

Fonte de proteína

O trigo, a principal fonte de proteína vegetal na nutrição humana, é rico em amido: aproximadamente 1,9 tonelada de trigo produz 1 tonelada de amido. Seu teor de proteína é o mais alto entre os cereais mais comumente cultivados.

As proteínas vegetais são um elemento-chave na política de inovação nutricional e de saúde do Grupo. Em 2017, a Tereos inaugurou, em sua unidade de Marckolsheim (França), uma planta de fabricação piloto do Sauté Végétal, um alimento baseado em proteínas de trigo.