News

Comunicado Global sobre o Covid-19

A Tereos continua tomando as medidas apropriadas e demonstra sua solidariedade face à pandemia do coronavírus (Covid-19) -

– balanço da situação em 18 de maio de 2020 –

A Tereos está entre os líderes mundiais de produção de açúcar, álcool e produtos derivados do amido. Esses produtos foram reconhecidos “de interesse estratégico” pelas autoridades, pois são indispensáveis para o abastecimento de setores como o agroalimentar, a nutrição infantil, a indústria farmacêutica ou os produtos de higiene.

No contexto atual de crise sanitária do Covid-19, todas as nossas Unidades de Negócios do mundo enfrentam a pandemia em seus territórios. Contudo, e respeitando as medidas de prevenção de saúde definidas pelas autoridades, todas as equipes da Tereos permanecem plenamente mobilizadas na produção para o abastecimento de seus clientes.

1 – Ações solidárias são empreendidas na maioria dos países

Na França, a Tereos anunciou na quarta-feira, 18 de março, uma ação filantrópica de grande porte: o Grupo, produtor líder de álcool no país, iniciou a produção de álcool em gel e álcool desinfetante em cinco usinas. A operação se estendeu a duas outras usinas francesas, elevando o número para sete. O álcool em gel e o álcool desinfetante são disponibilizados gratuitamente para as agências regionais de saúde e para hospitais franceses em situação crítica: leia o comunicado aqui. Desde o lançamento da operação, a Tereos já produziu e entregou mais de 150.000 litros de álcool para as agências regionais de saúde na França. 

A Tereos conseguiu aumentar a distribuição de álcool em gel a seus cooperados associados. Possibilitada pela mobilização dos funcionários da Tereos, permitindo alcançar rapidamente um bom índice de produção nas unidades dedicadas, e pela organização das equipes da divisão de cooperados associados.  Entre a segunda-feira, 6 de abril, e a quinta-feira, 9 de abril, 5.500 cooperados puderam retirar seus produtos por meio de um de um sistema drive-in instalado em seis unidades de produção. 

Em 24 de março, a Tereos Açúcar & Energia Brasil anunciou a doação de 20.000 litros de álcool 70% a hospitais e unidades regionais de saúde na região noroeste do Estado de São Paulo para ajudar a combater a pandemia da Covid-19. O volume aumentou para 52.000 litros no dia 3 de abril. Leia o comunicado de imprensa aqui.

Por fim, as equipes da Tereos estão engajadas em iniciativas solidárias locais de acordo com as necessidades mais críticas identificadas: doação de açúcar para ONGs (Tereos UK & Ireland e Tereos Sucre France, em particular), doação de máscaras e álcool em gel na França e no Leste Europeu. Na Indonésia, as equipes da Tereos FKS oferecem aos funcionários e suas famílias 200.000 kits de cuidados contendo vitamina C, álcool em gel, lenços desinfetantes descartáveis e testes rápidos aprovados de diagnóstico.

2 – As atividades da Tereos operam normalmente

As operações industriais da Tereos não foram diretamente impactadas pela pandemia do coronavírus. As usinas do Grupo funcionam normalmente. Até agora, e nas condições atuais, a Tereos não prevê uma interrupção na produção.

  • Em todas as regiões de implantação, a Tereos anuncia que sua atividade foi identificada pelos governos como prioritária, assim como o conjunto de empresas do setor agrícola, agroalimentar, transportes, energia e setor médico. Um dos desafios prioritários diz respeito à livre circulação do pessoal essencial para a operação das unidades industriais e para a expedição das mercadorias.
  • Europa: em linha com a publicação feita pela Comissão Europeia, em 16 de março, das “Diretrizes para as fronteiras visando para proteger a saúde e preservar a circulação de bens e serviços essenciais disponíveis”, a Tereos confirma que suas equipes cumprem as determinações relativas à circulação dos chamados bens essenciais, “beneficiando-se do acesso facilitado aos controles necessários para realizar entregas aos seus clientes nas melhores condições, dentro da UE.”

Em âmbito mundial, a Tereos conduz as suas operações logísticas normalmente, e toma as medidas necessárias para mitigar os principais riscos identificados:

  • O Grupo não enfrenta atualmente interrupção significativas em suas operações logísticas e de transporte. Em função da evolução das regiões afetada, nossas equipes comerciais, de suporte ao cliente e de supply chain avaliam continuamente a situação e acompanham os clientes envolvidos em função de suas necessidades e da situação, a fim de garantir a melhor qualidade de serviço no atual contexto.
  •  Nas exportações, os principais riscos de interrupções até agora dizem respeito às medidas de restrição da livre circulação de bens e pessoas aplicadas em determinadas regiões do mundo, bem como as repercussões dos problemas que afetam determinados modos de transporte.
  • A Tereos adota, como sempre, um alto nível de segurança alimentar para todos os seus produtos. Até o momento, e conforme indicado pela EFSA (Autoridade Europeia para a Segurança Alimentar), os alimentos não foram identificados como uma possível fonte ou meio de transmissão do Covid-19.

3 – Plano de prevenção de saúde e segurança, organização do trabalho e logística

Em resposta aos primeiros alertas de disseminação do vírus, a Tereos mobilizou uma equipe responsável pela gestão transversal da crise. 

O Grupo ampliou, em 27 de fevereiro, para todas as suas unidades no mundo, as medidas de prevenção e acompanhamento sanitário, de acordo com as instruções das autoridades sanitárias locais, nacionais e internacionais, a fim de reforçar as condições de saúde/segurança em todas as localidades, neste contexto pandêmico. 

Principais medidas implementadas:

  •  Sistema global de “saúde e segurança” para os nossos colaboradores, especificando as medidas sanitárias a serem implementadas:
  • Conscientização sobre os “gestos de proteção”, a fim de limitar os riscos de propagação do vírus e proteger nossos colaboradores no local de trabalho. Essas mensagens foram comunicadas por meio de diversos canais internos de informação e nos oito idiomas do Grupo.
  • Reforço das operações de limpeza das instalações: desinfecção de áreas comuns nas fábricas e escritórios, e disponibilização de materiais “anti-propagação” (higienizadores de mãos, material de limpeza de superfícies, medição da temperatura na entrada de todos os locais de trabalho etc.).
  • Plano de gestão de riscos para mobilidade nacional e internacional e reuniões
    • Em países submetidos a medidas de confinamento da população: suspensão das viagens não indispensáveis.
    • Em países não submetidos a medidas de confinamento da população: limitação rigorosa a deslocamentos não críticos. Os colaboradores devem dar preferência telefonemas e videoconferências. Implementação de soluções de trabalho remoto quando a função permitir.
    • Apoio individualizado para as pessoas em trânsito (expatriação, estrangeiros com contratos locais, missões de longo prazo).
    • Limitação ou adiamento das reuniões e treinamentos “não essenciais”, e de todos os eventos internos ou externos.
  • Medidas implementadas para nossos transportadores:

Diante dos grandes desafios ligados à logística e ao transporte rodoviário, quando o setor de transporte se encontra sob pressão: 

  • Nossas equipes estão em comunicação constante com os operadores logísticos e de transporte para conduzir – e ajustar, quando necessário – os itinerários, em função das informações comunicadas pelas autoridades, e atender às medidas sanitárias em vigor em nossas unidades e na de nossos clientes. 
  • Em resposta às medidas postas em prática pela UE para controlar a circulação de pessoas e bens e assegurar a fluidez do transporte dos chamados “bens essenciais” (comunicado de 16 de março de 2020 “Covid-19: a Comissão apresenta diretrizes para as fronteiras visando para proteger a saúde e preservar a circulação de bens e serviços essenciais disponíveis”)
    • Implementação de um plano de circulação específico com as transportadoras para assegurar a circulação dos chamados “bens essenciais” determinados pelos governos europeus (na França: transporte de matérias-primas agrícolas, produtos agroalimentares e produtos médicos).
    • Emissão de certificados pela Tereos como empresa de um setor reconhecidamente prioritário, permitindo aos prestadores de serviços – e, em particular, aos transportadores – justificarem sua atividade e deslocamentos para preservar a produção e a circulação de mercadorias “essenciais”.
  • Uma iniciativa específica é atualmente implementada em nossas unidades na França, a fim de reservar um acolhimento mais adaptado para os motoristas que chegam às unidades: espaços de acolhimento com máquina de café e instalações sanitárias que lhes permitam fazer uma pausa em um contexto de logística de fluxo intenso. A Tereos incentiva seus clientes a adaptar o sistema de acolhimento nesse sentido, a fim de desenvolver uma abordagem global que ofereça o melhor apoio à logística.  

**

A Tereos continua, naturalmente, acompanhando a evolução da situação atentamente, em colaboração com seus parceiros e com as autoridades e organizações de saúde dos países em que o Grupo opera. Atualizaremos a situação regularmente, em função de sua evolução, e sempre que necessário. A Tereos agradece todas as equipes envolvidas na gestão desta crise e mobilizadas a serviço de seus clientes. Seus contatos habituais na Tereos estão à disposição para qualquer dúvida ou esclarecimento.