Tereos Menu Search

Nossos eixos de inovação

Visão global

Os comportamentos econômicos, sociais e culturais ligados à alimentação estão em plena evolução. Tudo se conjuga: a população mundial está em rápido crescimento, é mais urbana e envelhece nos países desenvolvidos, com um aumento do nível de vida.

A exigência partilhada de segurança alimentar, qualidade e rastreabilidade é cada vez mais forte. As indústrias de transformação de produtos agrícolas modernizam-se rapidamente, enquanto novas necessidades energéticas pedem modos de produção e de consumo de energia diferentes.

Enquanto isso, a indústria agroalimentar deve enfrentar expectativas extremamente diversas: uma parte dos consumidores privilegia a qualidade e o «comer melhor», enquanto que a outra continua a procurar a acessibilidade, a diversidade ou o equilíbrio da sua alimentação.

Nossa capacidade de inovar hoje para antecipar as expectativas dos nossos clientes nos permite satisfazer as necessidades nutricionais específicas para cada categoria da população e satisfazer hábitos e práticas alimentares em rápida evolução.

A funcionalidade dos nossos produtos e a busca da excelência através da melhoria contínua de nossos padrões e da qualidade de nossos produtos estão no centro da nossa estratégia de P&D.

Na Tereos, acreditamos que a inovação nasce da colaboração. É por isso que estamos envolvidos em numerosos projetos que reúnem os principais agentes públicos e privados do setor.A Tereos privilegia uma abordagem de parceria para os programas de pesquisa pré-competitiva, com o grupo concentrando-se na etapa de transferência e de industrialização.

P&D, um fator essencial no desenvolvimento da Tereos

Nossos objetivos

Criar novas funcionalidades a partir da nossa gama de amidos, de proteínas e de produtos edulcorantes.
Desenvolver novos produtos de especialidade para atender às necessidades nutricionais globais e às questões de saúde nos países desenvolvidos e emergentes.
Capitalizar nossas forças na produção agrícola e no processamento de matérias-primas para desenvolver novos produtos e criar novas cadeias de valor nos biocombustíveis e nos setores de química vegetal.
123
projetos em andamento
5
centros de P&D
5000 m²
dedicados à P&D
6
eixos de inovação
190
especialistas
48%
do orçamento de P&D dedicado à nutrição