Número 2 na Europa em processamento de beterraba, a Tereos valoriza essa matéria-prima natural de diferentes formas e, dessa forma, possui uma ampla gama de produtos. Graças à beterraba, o Grupo produz mais de 2 milhões de toneladas de açúcar por ano e 675.000 m3 de álcool e etanol.

Em números

12

fábricas de açúcar

8

destilarias na França, na República Checa e na Romênia

1

refinaria na Espanha

Uma fonte essencial de açúcar

Juntamente com a cana-de-açúcar, a beterraba-açucareira é uma das duas principais fontes de sacarose utilizadas em todo o mundo. Em climas temperados, as sementes são semeadas em março e a colheita, conhecida como safra, começa em setembro.

Tereos Syral Marckolsheim – 11 / 03 / 2013

Processo industrial

As beterrabas são lavadas, cortadas e depois embebidas em água quente. O açúcar, armazenado na raiz da planta, é extraído graças ao calor. Em seguida, o suco concentrado em um xarope com teor de 65% de açúcar é purificado, filtrado e, então, aquecido a vácuo para desencadear a cristalização.

Outras aplicações

A beterraba-açucareira não é usada apenas para fazer açúcar. A Tereos também a utiliza para obter bioetanol a partir da fermentação ou da destilação da beterraba-açucareira, dos resíduos e do melaço resultantes da transformação de plantas em alimentos.

O Grupo também produz ração animal: fibras derivadas da extração do suco de beterraba, chamadas polpas, são usadas como ração para o gado.

Além disso, graças a um processo de metanização, a beterraba-açucareira pode ser processada para obter biogás e vinhaça para caldeiras de aquecimento, reduzindo as emissões de CO2 liberadas na atmosfera e possibilitando uma economia significativa de energia. A Tereos aproveita ao máximo a matéria-prima reutilizando a água naturalmente contida na beterraba-açucareira, reintroduzindo-a no processo de fabricação e depois no ambiente natural.

Aumento acentuado nos rendimentos

Na primeira safra (2017/18) desde o término das cotas de açúcar na Europa, a Tereos processou mais de 20 milhões de toneladas de beterraba-açucareira, um aumento de 30% em relação ao período anterior. O Grupo teve a safra de maior duração entre todas as fábricas de açúcar francesas. Esse sucesso foi alcançado graças ao comprometimento dos produtores cooperados e das equipes da Tereos, bem como os investimentos de mais de €500 milhões realizados nos últimos anos.

  • 13066__22RESIZED_opt
  • 13066__03RESIZEDRESIZEDOK_opt