Tereos Menu Search

O Grupo Cooperativo açucareiro Tereos transforma matérias-primas agrícolas em açúcar, álcool e amido.

05 Novembro 2018
egurança: colaboradores do Reino Unido e da Irlanda recompensados

Error message

Notice: Undefined index: disabled_javascripts in eu_cookie_compliance_page_build() (line 306 of /opt/www/tereos/sites/all/modules/contrib/eu_cookie_compliance/eu_cookie_compliance.module).

As equipes britânicas e irlandesas receberam um prêmio em reconhecimento de sua exemplaridade em termos de segurança.

 
 

Pensar todos os dias na segurança. Foi adotando essa linha de conduta que as equipes Tereos do Reino Unido e da Irlanda conseguiram diminuir o número de acidentes de trabalho. Em setembro, pela primeira vez a filial decidiu recompensar a exemplaridade de seus colaboradores em matéria de segurança, com o lançamento de um prêmio. Em 20 de março, o Grupo já havia organizado seu primeiro evento de segurança, com o slogan “A Segurança está em nossas mãos”. Trata-se de um verdadeiro projeto da empresa que está sendo desenvolvido em coerência com a estratégia One Tereos e o trabalho de melhoria contínua realizado por meio do programa Ambitions 2022.

A Tereos Açúcar Reino Unido & Irlanda conseguiu atingir esse nível de segurança em parte graças à iniciativa de Grant Anderson. Com suas equipes, o Gerente de Saúde e Segurança da Tereos Reino Unido & Irlanda instaurou uma verdadeira cultura de prevenção: "A qualquer momento, os colaboradores podem relatar toda situação potencialmente perigosa, ou que represente um risco para os colaboradores, seja nos escritórios ou na fábrica", explica Grant Anderson.

Guardiões da segurança

Quando um trabalhador constata uma situação potencialmente perigosa, uma falha em uma máquina, ou mesmo caixas que possam atrapalhar a passagem de um colaborador, deve prevenir seu gerente e sinalizar um “indicador de risco”. Após a sinalização do “indicador de risco”, a equipe deve preencher um “relatório de risco”, que servirá para avaliar o perigo, analisar a situação e elencar as medidas necessárias, a fim de diminuir ou evitar ferimentos.

Essa iniciativa, criada há um ano, foi ampliada no decorrer dos meses com a colaboração das equipes Tereos, que foram incentivadas a relatar quaisquer situações de risco ou problemas técnicos a seus gerentes. Ao constatar a evolução positiva do dispositivo, com um número cada vez maior de sinalizações, surgiu a ideia de recompensar os colaboradores por seu envolvimento: “Em pouco tempo, notamos uma sensível melhora nas estatísticas de acidentes, graças a um verdadeiro envolvimento das equipes. Decidimos, então, que era tempo de retribuir, instaurando um sistema de recompensas e um troféu”, explica Anderson.

“Eu salvei uma vida hoje”

A primeira premiação ocorreu no dia 17 de setembro, na unidade de Normanton. Nesta edição, a Tereos Açúcar Reino Unido & Irlanda recompensou 6 colaboradores. O primeiro prêmio foi atribuído ao colaborador que preveniu o maior risco (veja o quadro). O homenageado recebeu como recompensa um dia de folga, vales-presentes e um troféu com o nome do prêmio, bastante inspirador: “Eu salvei uma vida hoje”. Um título inspirado em um poema do americano Don Merrell, operário engajado no tema da segurança e poeta nas horas vagas.

Cinco outros colaboradores também foram recompensados. Cada um deles recebeu um diploma e vales-presentes.

“Recebemos 500 relatórios de risco neste primeiro ano! Vamos prosseguir com nossos esforços, a fim de integrar a segurança nos hábitos cotidianos de nossos colaboradores, pois essas ações podem salvar vidas diariamente”, conclui Grant Anderson.

 

 

Saiba mais

Estratégia: Entrevista, Horizonte 2017
Construir relações fortes e duradouras
Contribuir para uma alimentação segura
Às origens de um grupo cooperativo francês